Cada pele tem a sua história de aceitação,
respeito e auto-estima.

Histórias

No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

Isabel D Rocha

Isabel D Rocha

A história da minha pele é rápida, desde criança que tinha sardas naturais no rosto, entretanto os anos passaram e tive 2 gravidezes em que tive muito “pano” e que nunca chegaram a sair, então tenho o rosto todo com manchas, e gostava que a Bioderma fosse a tal que me fazia o milagre que outras marcas não fizeram.
A minha pele quer o nosso final feliz, que a Bioderma cumpre sempre com o que diz.

Michelle De Paula

Michelle De Paula

Sempre tive manchinas na minha pele, desde sardas até manchas de acne. Por isso cuidar desde cedo sempre foi minha maior prioridade, uma pele bem cuidada trará bons resultados. Aprendi desde cedo que não existe idade para começar a cuidar da pele, e que cada uma possui uma particularidade. Aprender a lidar com a diversidade e aceitá-la é aceitar nossa história!

Joana Fortes

Joana Fortes

Na altura quando descobri que era atópica, foi um problema. Encontrar o creme perfeito para manter sempre a barreira protetora da pele foi um pouco difícil! Mas com o aconselhamento da minha dermatologista, encontrei na Bioderma a minha solução! Com os nutrientes essencias que a minha pele precisa, desde o cuidado do banho até à hidratação diária! Foi realmente a minha aliada, para a atopia!

Isabel D Rocha

Monica Santos

A minha pele é mista, tenho zonas oleosas e zonas secas. Nesta altura do ano, no verão, ela tem tendencia a ficar mais seca, e por isso, adorava ter uma boa skin care, como a bioderma, que me ajudasse a tratar da minha pele como ela merece!!

Juju Lafontene

Juju Lafontene

A minha pele tem tanta história para contar… são tantas as memórias vividas e até sofridas relacionadas com a minha pele. Na adolescência, sofri de acne grave e os medicamentos usados ressecaram a minha pele. Na gravidez apanhei melasma, que até aos dias de hoje carrego e, isso faz com que tenha que me precaver ao máximo do Sol. Em todos esses momentos usei Bioderma e hoje tenho uma pele linda.

Joana Fortes

Tania Cirne

Por aqui quem sofre com a sua pele é a mais nova da casa desde pequenina que sobre muito com a pele atópica muita comichão e pele muito irritada, mas desde que a BIODERMA faz parte da nossa vida ela esta muito melhor a nossa rotina vai desde o banho ate a hora de dormir noites mais calmas com o spray sos adoramos e só temos a agradecer.

Sara Martins

Sara Martins

A minha pele é como o vinho quanto mais velha mais valiosa e por isso tenho de cuidar muito bem dela uma preciosidade e para isso conto com a ajuda da Bioderma

Isabel D Rocha

Joana Góis

Há mais de 20 anos a minha pele era uma história caótica, com personagens de aparições irregulares, algumas com passado negro, outras bem “oleadas” a evoluir para piadas “secas”… Pedi inspiração e a minha dermatologista personalizou tratamentos incríveis ao longo dos anos… e a Bioderma sempre fez parte, desde o Sébium até hoje, com Sensibio. Continuo a escrever capítulos felizes!

Ana Lopes

Ana Lopes

Cuidar da pele é uma virtude. E a minha história é digna de Hollywood. Desde cedo percebi que a sensibilidade teria o “Papel Principal”. Mas Bioderma lançou-se na “Produção” de um cuidado especial. Ganhei um bom “Argumento” para ficar rendida. E o “Elenco” de irritações desapareceu da minha vida. Agora atribui “Efeitos Especiais” à pele. É um final totalmente feliz, mais suave que mel…

Maria Sousa

Maria Sousa

A minha pele já deu a volta ao Mundo… Conheceu a PRAGA das borbulhas. E o acne deu-me MILÃO e uma aventuras. Apanhou escaldões com a MALTA. Quando achava que os conselhos DUBAI e da mãe não faziam falta. Deparou-se com uma GRANADA de desidratação. A curtir os BUENOS AIRES do verão. Mas hoje, aos 45 anos, tenho um PORTO de abrigo! Bioderma é a marca que MÉXICOmigo. Conselheira e ombro amigo.

Adriana Miguel

Adriana Miguel

Antes não gostava das minhas sardas, pois via-as como um defeito. Sofri com o pesadelo do acne e das borbulhas. Vivi muitos momentos “negros”. Passei o “Cabo das Tormentas” com a desidratação. Hoje, finalmente, consigo perceber que é só a vida a acontecer. É a pele em que eu vivo. São as sardas que me distinguem. Os problemas que tenho de enfrentar. E vivo as emoções à flor da pele com Bioderma…

Inês Araújo

Inês Araújo

Desde bebé que a atopia da minha pele me acompanha. Aos meus 15 anos, umas lesões eczematosas terríveis nos antebraços levaram a minha mãe preocupada a marcar várias consultas, até que uma médica me introduz ao mundo da Bioderma. São já mais de 10 anos a confiar na Bioderma, com cerca de 7 produtos que me acompanham diariamente. Sempre tive uma pele bonita mas agora é também confortável!

Ana Carolina Sangalli

Ana Carolina Sangalli

Eu comecei a ter acne aos 13 anos. Algo que me incomodava muito e logo comecei um tratamento com dermatologista. Foram anos de antibióticos e múltiplos tratamentos tópicos. Eram tantas consultas a dermatologista que acabei por me apaixonar pela área e fiz dermatologia para poder ajudar as pessoas que sofriam como eu.
Hoje em dia, tenho a pele mista a oleosa, com tendendo a acne e já com rugas.

Isabel Seoane

Isabel Seoane

Isabel. 29 anos. Pele mista, com tendência a seca. A minha pele já passou por muito! De cicatrizes profundas, feitas por operações dolorosas, a furos que ainda hoje são visíveis, cada marca que trago na pele, relata uma etapa do percurso que foi para mim crescer e ser como os outros. 27 anos, e surge me ainda acne em adulta. E está tudo bem. O espelho mostra que a beleza nunca me abandonou! ❦

Inês Serra

Inês Serra

Desde cedo me apercebi que tenho uma pele que reage a todos os factores e mais alguns. A juntar a isso, desde muito nova, sofro com uma pela acneica, que causa um grande desconforto, uma vez que, constantemente, surgem algumas borbulhas. Significa isto que, esta pele não aceita qualquer produto, não! Só aceita mesmo os melhores, e os da bioderma são um excelente exemplo 😍

Isabel D Rocha

Maria Espargosa

A minha pele é bem oleosa e requere uma boa limpeza ao acordar/deitar. Por outro lado, após um dia ao sol ou uma boa lavagem fica um pouco seca na zona T, requerendo um bom hidratante.

Ana Martins

Ana Martins

Enquanto adolescente, a minha pele deixava-me envergonhada. Quando alguém me tocava no braço ou na perna, e sentia os pequenos “altos”, sabia logo quais as perguntas que se seguiam: O que se passa com a tua pele? Estás com frio? De facto, viver com queratose pilar não é fácil, mas um bom hidratante para minimizar a sua aparência ajuda e demonstrar amor pela nossa pele todos os dias faz milagres.

Bruna Amorim

Bruna Amorim

A pele sempre foi a minha casa. E é com a bioderma que quero me destacar. Sempre tive a pele muito oleosa, o que me trás um desconforto, fui mãe comecei a ter para além da oleosidade que se manteve, surgiram espinhas. Uma pele saudável, cuidada e acompanhada é a entrada para a minha felicidade. Obrigada bioderma!

Isabel D Rocha

Debora Ferreira

Depois que virei mãe (tive 3 filhos seguidos) minha pele mudou muito. Sem contar nas rugas e olheiras que surgiram por conta de preocupações e noites mal dormidas. Gostaria de cuidar mais da minha pele novamente.

Mariana Oliveira

Mariana Oliveira

No início da adolescência, a minha pele começou a ter tendências acneicas e isso acabou por abalar a minha autoestima. Infelizmente, ainda há muita desinformação sobre o assunto e várias pessoas sentem que estão no direito de opinar e ofender sem saber a história por detrás. Hoje, apenas estão algumas marcas do que foi essa etapa. Uso-as com confiança de quem cresceu a cada dia tal com a sua pele.

Mariana Queiros

Mariana Queiros

“A pele é o reflexo da alma”
A minha pele reflete o meu estado emocional, extremamente sensível e reactiva principalmente em alturas de stress e problemas hormonais.
Com dulpa personalidade ora está esplêndida ou fica reactiva e vermelha ! Conheci o Photoderm Max c/cor na Colômbia e atravassou o Atlântico comigo para se juntar á água sensio que faz parte da minha rotina😊

Gisela Ferreira

Gisela Ferreira

A minha pele é bastante sensível, tenho de ter cuidados com a sua hidratação e exposição tanto ao sol como a outros factores externos como produtos químicos.

Adelaide Rodrigues da Costa

Adelaide Rodrigues da Costa

Eu sempre fui uma menina com uma pele bonita e muito elogiada, chegar aos 30 e ganhar manchas arrasou o meu amor próprio,passei a ter vergonha de mim.Eu tinha 2 opções,ou tinha pena de mim ou aceitava.
Mergulhei no mundo do Skincare,aprendi a cuidar da minha pele,a gostar de mim como sou e hoje ajudo outras pessoas a se aceitarem e a praticarem o autocuidado.
Cada um tem a sua história

Joana Fortes

Alexandra Teixeira

Tenho pele seca e sensível em algumas zonas com descamavao de psoriase e prurido. Uso cremes para peles sensíveis e atopicas.

Merícia Jarimba

Merícia Jarimba

A minha pele é e sempre foi um problema. Primeiro foi o acne, depois os poros dilatados, e agora é a sensibilidade devido ao lúpus. Sol, só com fator de proteção elevado e nas horas ditas hora dos bebés. Algumas rugas, e falta de firmeza são também um desassossego. Só com bons cuidados de consegue sair á rua em beleza.

Ana Roque

Ana Roque

Tenho melasma… talvez devido aos anos de infância e adolescência sem grandes cuidados com protecção solar. E eu que adoro o sol! Utilizo os produtos Pigmentbio e Photoderm e gosto muito. E com o melasma a protecção solar é dos melhores remédios! E aprender a amar cada marca da nossa pele!

Ana Teixeira

Ana Teixeira

Em criança era inseparável do meu melhor amigo,o meu cão. Quando ele ficou doente, veio o drama,desenvolvi a mesma doença de pele.Fiquei com peladas na cabeça e feridas na pele da testa. Foi um susto mas com tratamento tudo se resolveu.Coincidência ou não,hoje tenho pele sensível nessas zonas, para além de dermatite seborreica e pele mista na zonaT.Apesar de tudo gosto da minha pele e uso bioderma

Maria Beatriz Teixeira

Maria Beatriz Teixeira

Minha pele é muito sensível e reativa ao sol e alterações de temperatura, ficando a pele do rosto vermellha. Uso habitualmente, e por conselho do dermatologista, o “Sensíbio AR”, que me hidrata e proteje o rosto, fazendo-me sentir melhor. Pena é só existir à venda a embalagem de 20 ml. que gasto em 2 a 3 semanas, o que se torna dispendioso!

Cristiana Pereira

Cristiana Pereira

Desde pequenina tive muitas sardas e por isso tive de ter sempre muito cuidado com a pele. Um dia fui mãe e a minha pele mudou começou a ficar um pouco mais oleosa e com falta de cuidado. Os filhos realmente tiram a beleza das mães e agora sinto que estou uma pele mais oleosa e flácida e que as minhas sardas estão maiores. Bioderma foi e sempre será a minha escolha número 1, é uma marca excecional

Isabel D Rocha

Diana Grilo

Cada cicatriz simboliza um marco, um feito e uma superação.

Isabel D Rocha

Ana Oliveira

A minha pele já passou por vários estados, oleosa, mista, desidratada, desde de muito cedo que tenho rotinas diárias com a minha pele, posso afirmar que já usei quase todas as gamas da bioderma desde sebium, sensibio, atoderm etc e sou fá da marca.
Adoro as texturas, fragrâncias, sinto confiança na utilização de todos os produtos. Sinto que a Bioderma respeita a minha pele!

Isabel D Rocha

Maria Teixeira

De jovem sofro da pele a determinados medicamentos sou muito
alérgica pele muito sensível tenho a rosácea que mal se nota derivado a um creme vosso que um dermatologista me receitou é o Bioderma Sensibio AR.
Por volta dos 62 anos apareceu-me o glaucoma e as gotas que eu
colocava nos olhos fizeram a m/cara numa desgraça foram quase 1
ano no hospital até que finalmente apareceu um creme bom.

O projeto A Minha Pele Conta Uma História foi criado pela BIODERMA com o objetivo de incentivar a aceitação, respeito, cuidado e bem-estar com a pele que cada um de nós tem. Cada pele conta uma história com fases, bons e maus momentos. E cada um de nós é bonito e perfeito à sua maneira! Aqui queremos partilhar histórias de positividade, motivação e inspiração.